terça-feira, janeiro 08, 2019

Breve poema de sorriso que tranquiliza


____________________________________________________________
SÉRIE – A VIDA É BREVE COMO UM POEMA ESCRITO NA NEVE - 012






Breve poema de sorriso que tranquiliza

como uma criança flagrada
nas artes próprias da infância
abomino esta cruel infâmia
de criança não ser amada
nada como um sorriso aberto
pra ter a tranquilidade perto

Josué Ebenézer Nova Friburgo,
05/01/2019 (16h22min).

Breve poema de lábios que louvam


____________________________________________________________
SÉRIE – A VIDA É BREVE COMO UM POEMA ESCRITO NA NEVE - 011





Breve poema de lábios que louvam

que faz com que o que canto
não sejam apenas canções?
que faz com que haja encanto
do meu canto nos corações?
é o Deus que em mim habita:
um doce canto que santifica

Josué Ebenézer Nova Friburgo,
05/01/2019 (16h10min).

Breve poema de lábios que sorriem


____________________________________________________________
SÉRIE – A VIDA É BREVE COMO UM POEMA ESCRITO NA NEVE - 010




Breve poema de lábios que sorriem

isso de colar de pérolas
no sorriso de teus lábios
é sim, apenas marolas
desses meus alfarrábios
teu sorriso é o próprio Ártico
esse meu mundo fantástico

Josué Ebenézer Nova Friburgo,
05/01/2019 (15h57min).